Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

06/07 dia mundial contra passageiros indesejaveis


Algumas datas comemorativas realmente surpreendem. Ao olhar a Wikipédia pela manhã, deparei-me com a data de 06 de julho. “Dia Mundial contra passageiros indesejáveis”. Fato que me fez lembrar da história de um passageiro indesejável na bíblia sagrada: JONAS.


A história de Jonas (ler Jonas cap: 1) é a história de um homem que fugiu da vontade de Deus e pegou um navio pra o lugar onde não deveria ir. E por causa dele sobreveio uma grande tempestade e o navio começou a naufragar. Então lançaram sortes para ver quem era o culpado e caiu sobre ele: Jonas, o mar só se acalmou após jogarem ele ao mar.

Nas viagens que a vida dá, existem muitos Jonas no barco. No ambiente de trabalho há pessoas que fazem de tudo para que a empresa só afunde. Na igreja há sempre um dando pra traz, desacreditado em tudo, sempre achando que não vai dar certo e colocando o pessimismo em tudo que vai fazer. Na escola, na universidade, há sempre um colega pra ficar atrasando a aula com perguntas inconvenientes, em momento errado.

Há pessoas que não fazem bem nem ao próximo e nem a si mesmo, tudo porque estão fora da direção de Deus. Às vezes seduzidas pelo salário, pensando nos benefícios decide aceitar uma proposta que não tem nada a ver com aquilo que Deus planejou pra ela. Os Jonas do navio estão sempre fugindo da vontade divina. Infelizmente o barco só vai andar e a tempestade só vai se acalmar no momento que o Jonas for lançado fora.

Mas e aí o jeito é excluir? Disciplinar? Tirar fora? Mandar para o mundo? NÃO! Muitos Jonas quando se vêem prejudicando a todos ao seu redor, tendem a automaticamente se excluir, e muitos já foram lançados fora mesmo estando presente. Muitos já estão no ventre do peixe, no fundo do mar. Mas o mesmo Jonas que era um atraso aos navegantes, quando decidiu ouvir a voz de Deus o milagre aconteceu, do fundo do mar ele saiu para anunciar a palavra em Nínive e ir ao encontro da sujeição a vontade de Deus.

Precisamos sim que as tempestades se acalmem, mas a mensagem de amor na cruz do calvário fez nascer um novo tempo para nós, não podemos simplesmente lançar os Jonas fora, ao fundo do mar e sim fazer com que os Jonas perdidos rumo a Tarsis encontrem o caminho para Nínive.

Nenhum comentário:

Postar um comentário