Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

LIVRA MINHA ALMA SENHOR


Salmos 22
No salmo 22 o Salmista Davi levanta um clamor a Deus, quando já no primeiro versículo ele diz: “Deus meu, porque me desamparastes.” Mas o ápice deste versículo provavelmente esteja nos versículos 20 e 21. “Salva-me da espada; não deixes que esses cachorros me matem. Livra-me desses leões; não consigo me defender desses bois selvagens.”
Que texto interessante e intrigante. Quando eu olho para o histórico de vida do Salmista Davi, homem forte, corajoso e decidido. Davi que rasgava o Urso ao meio, Que se levantava contra o gigante Golias e com apenas uma funda colocava o gigante ao chão. Mas agora clama a Deus para que os cães não o matassem, para que os leões não o devorassem e que ele não conseguia se defender da selvageria dos bois.
Mas a revelação de Deus é profunda e é espiritual, na verdade Davi não falava dos animais terrestres mas sim de espíritos que o inimigo usa pra nos colocar pra baixo. E até os dias de hoje eu vejo satanás tomando pessoas com espírito de cão, espírito de leão e espírito de boi.
O espírito de cão é o espírito de pessoas que criam uma amizade aparente, é o velho ditado de que o cão é o melhor amigo do homem. As maiores decepções da vida não é quando sabemos que nossos inimigos se levantaram contra nós, é quando sabemos que nossos amigos se levantaram contra nós. Como é triste quando pessoas que ocupam o mesmo lugar, que te apertam a mão, te abraçam, te dão tapinha nas costas te fazem algo para colocar para baixo. E a sentença para este tipo de pessoa é triste, assemelha-se aos feiticeiros, aos idólatras, pois no livro de apocalipse 22:15 diz: “Fora ficam os cães, os feiticeiros, os impuros, os assassinos, os idólatras e todo aquele que ama e pratica a mentira.”
Os espíritos de leões que rugem não são poucos. Pedro nos adverte em sua primeira epístola no 5:8 “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;”  O rugido do leão assusta, o rugido do leão amedronta, o rugido do leão causa desespero, e muitas vezes nos vemos num beco sem saída, sem ter para onde ir, não nos achamos digno de fazer mais nada e damos espaço para que a depressão nos invada. João em sua visão apocalíptica (AP 5) chorou quando viu um livro atado com sete selos e não havia ninguém digno de desatar os selos. É de chorar quando o leão ruge e a dignidade vai embora, os rumores de um grande escândalo aparecem. Mas o verdadeiro leão é mais forte do que aquele que ruge como o leão,  o mesmo capítulo no seu versículo  5 um dos anciãos diz a João: “Não chores; eis que o Leão da tribo de Judá, a Raiz de Davi, venceu para abrir o livro e os seus sete selos.” Não chores, o leão da Tribo de Judá está contigo quando a dignidade faltar e quando o inimigo rugir contra você.
O espírito de boi talvez seja o pior de todos os espíritos. O Boi é um animal ruminante que engole os alimentos quase por inteiro e armazena em um órgão chamado folhoso, uma espécie de terceiro estômago em que a comida não é digerida, mas este fica o dia inteiro remoendo. Existem coisas erradas em todos os lugares, calunias, injurias, difamações, escândalos, magos, erros, é normal que isto aconteça. Mas essas coisas precisam ser digeridas, precisa haver um perdão, precisa haver uma mudança, precisa haver uma transformação. Existem pessoas que tem o espírito de boi, preferem engolir ou colocar goela a baixo tudo o que acontece. Mas não é por aí o caminho, o grande problema é que questões não solucionadas um dia voltam em pauta e geralmente no momento errado. E muitas vezes você pode fazer 10 coisas corretas, mas parece que as pessoas só lembram da coisa errada que você fez, e tu se sente desvalorizado, mal conceituado, odiado por coisas que há muito tempo já deveria ter ficado para traz. O próprio Cristo nos adverte em Lucas 17:32 para que lembremo-nos da mulher de Ló.
Já é tempo de esquecermos o passado que nos destrói e construir um novo futuro, com a graça e proteção do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Pare de Enxergar Fantasmas

No livro de Marcos capítulo de número 6 o Senhor Jesus Cristo realizou alguns milagres, ensinou de maneira a causar admiração em algumas pessoas e mandou os seus discípulos dois a dois a que fizessem a sua obra. Os seus discípulos saíram dali expulsando os demônios pregando uma mensagem de salvação e curando os enfermos, fazendo sinais prodígios e maravilhas. A tarefa era tão grande e o tempo escasso de maneira que os discípulos não tinham nem tempo para comer (v 31). Jesus os leva para um lugar retirado para que pudessem descansar, mas não foi dessa vez, a multidão se reuniu para ouvir a Cristo mesmo no deserto e Jesus teve de multiplicar pães e peixes e dar de comer ao povo. Era mais trabalho que se acumulava aos discípulos.

Depois disso Jesus vai ao monte orar e os discípulos entram no barco e começam a navegar em alto mar. Então o vento contrário começou soprar.

Muitas vezes na nossa vida vai tudo bem, fazemos a obra, corremos daqui para ali, nos envolvemos em nossos afazeres, mas de repente algumas mudanças são inevitáveis e é preciso entrar no barco, pois o Senhor nos manda mudar de direção. Mas quando entramos no barco os ventos contrários sopram porque quando estamos debaixo da vontade de Deus é obvio que o inimigo não estará contente com isso e se levantará contra nós.

Os ventos contrários não sopram quando estamos fora, mas sim quando estamos dentro do plano de Deus. As fofocas, as intrigas, as calúnias, as maledicências surgem justamente quando estamos remando para ir até onde Cristo nos mandou. Há momentos em nossas vidas que a força no braço não é suficiente, momentos em que não adianta livro de auto-ajuda, momentos em que psicóloga não adianta, não basta força de vontade, não resolve se encher de remédios controlados NÃO!

Nesses momentos surge o livramento de Deus, e para os apóstolos foi Jesus que surgiu no meio da noite e eles acreditaram ser um fantasma. Mas livramento de Deus causa espanto, pois Deus é impactante é sobrenatural. E muitas vezes muitas pessoas rejeitam o livramento de Deus crendo ser um fantasma. Ser crente (já disse no último texto) é loucura, normal é se perder nos vícios, nas drogas (inclusive lícitas), normal é se entregar sem compromisso. Falar em se converter espanta, assusta, falar em aceitar Jesus causa impacto, mas meu amigo, não é fantasma, é livramento de Deus para sua vida.

Só Deus poderá resolver os teus problemas, Já pensou em entregar a vida a ele? Já pensou que servir a Deus não é esse bicho de sete cabeças, não é esse fantasma que você insiste em criar em sua cabeça. Ei! Servir a Deus é gostoso demais, experimenta vai! Verás como é bom se entregar de corpo e alma ao Espírito Santo, falar em línguas profetizar, cantar, adorar, extravagar não é esse fantasma que você vê, mas é o livramento de Deus, Ele nos livra do mal, nos livra de cair em tentações, nos livra de estar derrotado. Ele é fiel.

LOUCURA DE DEUS

1 Cor 1:

Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.

Por muitas vezes lí esse texto mas como poucas vezes pude compreender a complexidade de tal enunciado. É realmente loucura viver uma vida em santidade, é realmente loucura fazer a diferença.

Loucura é ver todos os seus amigos saindo pra balada sábado a noite, tomando todos os tipos de bebidas alcóolicas, achando lindo se entregar a alguém que nunca viu na vida, pegando todas e você olhar pra tudo isso com desprezo, colocar o violão nas costas e ir para a igreja porque sabe que o Todo-Poderoso está te esperando pra ouvir o teu louvor.

Loucura é você não olhar pras circunstâncias e no meio do culto levantar do seu banco e adorar com extravagância, pular, saltar, glorificar, exaltar, bendizer àquele que é digno de toda honra, toda glória e todo louvor.

Loucura é você abrir mão dos teu conforto, do teu descanso, enfrentar frio, chuva para estar na presença de Deus, para levar uma mensagem de amor ao próximo.

Mas diz a palavra de Deus que é melhor obedecer do que sacrificar (1Sm 15:22). A maior de todas as loucuras é andar em obediência a palavra de Deus. Dizer não quando todo o mundo espera que você diga sim, abrir mão de sentimentos, como é dolorido. Abrir mão de uma paixão quando você sabe que está te levando ao pecado. Abrir mão de um projeto grandioso quando você sabe que é fora dos planos de Deus pra sua vida. É Loucura para os que perecem.

Loucura mesmo será quando o meu cristo voltar nas nuvens para buscar aqueles que estão preparados para encontrar se com ele. O apocalipse está se cumprindo, tudo o que foi profetizado está acontecendo mas ninguém quer abrir os olhos, espero que não leias esse blog quando for tarde demais, aceite a Cristo como único e suficiente salvador.

Você crê que a parábola das 10 virgens se aplica a igreja do Senhor e que as 5 loucas estão no meio das 5 prudentes ou seja dentro da igreja?

Você crê que o joio está no meio do trigo e que aqueles que estão agindo errado também estão inseridos dentro de igreja?

Você se considera o Joio no meio do trigo ou a louca no meio das prudentes?

Tenho certeza que mais de 90% das pessoas responderam SIM para as duas primeiras perguntas e NÃO para a última pergunta. Moral da História: É muito facil olhar para a vida do meu irmão e dizer que ele está errado mas é muito dificil olhar pra dentro de nós e ver aquilo que está errado em nós e buscar a mudança e a transformação. Mas a bíblia diz: EXAMINE-SE pois o homem a sí mesmo.

Como está o seu coração? Faça hoje uma reflexão interior e tenha um bom dia!