Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

Abra sua casa

Analisando o Salmo 84:11 temos que “Deus é um sol” numa comparação com “luminar maior”  “Gn 1:16” o Salmista Davi traz Deus como sendo aquele que ilumina e aquece as nossas vidas. É quando o Sol vem nascendo que a noite passa. Porém o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer (Sl 30:5). E certo estou que nunca ouve noite capaz de impedir o nascer do Sol. Ele pode estar encoberto por nuvens, mas está lá iluminando o nosso dia. Por vezes não contemplamos Deus devido às grandes lutas que se colocam como nuvens em nossa frente. Mas Deus sempre está lá iluminando o nosso caminho.  
Em Atos dos Apóstolos 2:2 os discípulos estavam reunidos buscando o Espírito Santo. Este veio como um vento forte veemente e impetuoso e encheu toda a casa e eles receberam a promessa. Ato contínuo, os mesmos falaram noutras línguas e pareceram estar embriagados. E este mesmo Espírito continua a agir em nosso meio, nos incentivando, nos motivando, nos consolando e nos fazendo felizes, pois sentir o Espírito Santo em nossas vidas é a melhor sensação do mundo. Às vezes parecemos loucos, gritões, ou até mesmo embriagados, mas é o poder de Deus agindo através do mesmo Espírito que agiu em Atos 2 e 2.

Em apocalipse3:20 Jesus, em sua revelação apocalíptica a João na ilha de Patmos, diz estar a porta dos nossos corações. Que se alguém ouvir a sua voz e abrir a porta ele entrará em nossa casa e ceará conosco. Neste contexto, compreendemos claramente não se tratar da nossa casa material, mas da nossa casa espiritual. O nosso corpo, o nosso coração. Somos templos do Espírito Santo (ver 1 cor 6:19). Louvado seja Deus que muitas “casas” que outrora foram destruídas pelo alcoolismo, pela droga, pelos desentendimentos familiares, pelos prazeres do mundo, e se tornaram verdadeiras tapera, um dia Cristo entrou, limpou a casa, pintou com sangue do cordeiro e hoje vivem uma nova vida.

Juntando estes três textos aqui contextualizados, levo-te a uma reflexão sobre uma casa. Imagine uma casa fechada por certo tempo, sem o sol entrar, sem o vento bater, acaba criando mau cheiro, os moveis mofam, e ali dentro se torna insuportável. Quantos de coração fechados pra Deus, não deixam o sol entrar, nem o vento do Espírito Santo bater, causando-se uma completa destruição de vidas, nascem ódio, rancor, tristeza. Mas hoje no momento em que você lê esta mensagem eu te convido a abrir o coração pra Deus e o vento começará a soprar, o sol começará a bater e o ódio vai saindo, a tristeza vai saindo, a mágoa e o rancor vão juntos e em lugar disso vem a felicidade que só Cristo é capaz de lhe oferecer.

Abra o coração pra Deus

AMOR DE MÃE

Isaias 66: 12-13

Porque assim diz o SENHOR: Eis que estenderei sobre ela a paz como um rio, e a glória dos gentios como um ribeiro que transborda; então mamareis, ao colo vos trarão, e sobre os joelhos vos afagarão.

Como alguém a quem consola sua mãe, assim eu vos consolarei; e em Jerusalém vós sereis consolados.



Quando o profeta Isaías, sendo profeta messiânico profetisa as bênçãos sobre Israel, não podemos nos esquecer que Jesus Cristo veio para os que eram seus e os seus não o receberam, mas a todos quantos o receberam deu lhes o poder de serem chamados filhos de Deus.

Se nós somos o Israel de Deus na face da terra a partir do momento em que aceitamos a Cristo como único e suficiente Salvador, também temos a nossa Jerusalém. E a nossa Jerusalém é nada mais nada menos que o lugar da benção, a casa de oração, o tabernáculo santo.

E a igreja tem um papel de mãe o qual compreende três coisas.

“então mamareis” fala de alimentação. A igreja possui papel de alimentar a seus fieis espiritualmente, pois nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Má alimentação causa enfermidades e é por isso que muitas igrejas, denominações estão tomadas de uma epidemia espiritual.

Um alimento de baixa qualidade também causa enjôo ao nosso paladar. Isso ocorre quando se tenta alimentar a vida espiritual com livrinho de auto-ajuda, músicas que enchem a cabeça, mas não tocam o coração, coisas cheias de beleza, mas sem unção de Deus. A igreja do Senhor precisa se voltar mais a Cristo para trazer alimento nutritivo aos seus fiéis.

“Ao colo vos trarão” fala de proteção. É no colo materno que nos sentimos protegidos e com a certeza que nem um mal chegará a nossa tenda. Vivemos uma crise social, cultural, valores invertidos, executivo, legislativo e judiciário mancomunados em aprovar absurdos morais. Mas neste tempo de calamidade e inversão de valores a igreja do Senhor está protegida e se manterá firme ainda que tudo seja contrário.

“sobre os joelhos vos afagarão” fala de carinho. Se você está jogado no mundo sem valor, há uma igreja de Cristo que quer te abraçar, te fazer mudar de vida. Como uma mãe que aplica a boa correção a seu filho, assim é a igreja de Cristo. Nossos dogmas não são fanatismo, são com base na bíblia sagrada, para que todo aquele que nEle crê não pereça mas tenha a vida eterna. Cristo te ama e quer te salvar. O amor que o mundo não pode te dar, Cristo te dá, e a igreja do Senhor te abraça. Não lhe recomendo a vir para a minha igreja, mas a estar numa igreja que lhe de alimento sólido, proteção e amor do alto. Este é o amor de mãe.