Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

TENTE OUTRA VEZ


Tente outra vez
No livro de lucas Capítulo cinco temos uma interessante passagem:
“E, respondendo Simão, disse-lhe: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos; mas, sobre a tua palavra, lançarei a rede.
E, fazendo assim, colheram uma grande quantidade de peixes, e rompia-se-lhes a rede.”
Lucas 5:5-6
Pedro, Tiago e João haviam trabalhado a noite toda a procura de peixes e nada haviam pescado. Quando já haviam desistido e estavam lavando as redes Jesus chegou para eles e disse-lhes “voltem para o grande mar”. Simão Pedro sabia que havia trabalhado muito e não tinha conseguido nada, mas era Jesus que estava mandando: tente de novo.
Quantas vezes temos frustrações em nossas vidas. Momentos estes em que dá vontade de largar tudo, abandonar tudo. Frustrações.
Lembro-me do dia que fui fazer minha carteira de habilitação, passei no exame para motocicleta do qual eu estava nervoso e fui para o exame de carro. Estava tão confiante na aprovação e na força do meu braço que não parei o carro totalmente em uma rótula, resultado: Reprovação. Orei a Deus, e fui tentar de novo, resultado: Aprovação.
Lembro-me de quando iniciei a pregar a palavra e estava em busca do reconhecimento. Por alguns anos, vi amigos sendo consagrados a diáconos, presbíteros, até evangelistas e eu desde os 15 anos de idade me dedicando à pregação da palavra. Passaram se os 18, os 19, os 20 e nada do reconhecimento chegar. Mas a cada ano eu continuava firme, trabalhando pra Deus. Com 21 anos de idade chegou o reconhecimento e fui consagrado a diácono, onde só então pude perceber que não deveria ter sido antes e que o diaconato é uma grande responsabilidade, então aprendi a esperar o tempo de Deus no crescimento ministerial.
Mas talvez a grande decepção da minha vida aconteceu em dezembro de 2011, quando recebi o resultado do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil. Um insatisfatório 4,9 quando precisava de um 6 para ser aprovado. Após cinco anos de esforço nas cadeiras da faculdade, chegar na reta final da faculdade e ao invés de aprovação receber um presente de grego. Deus estava provando a minha fé.
Eu tinha duas escolhas: a primeira, lamentar, chorar e me deprimir; a segunda estudar, orar, confiar em Deus e tentar de novo. Optei pela segunda opção. Hoje é dia 27/07/2012, estou completando 23 a nos de idade e há uma hora atrás recebi a noticia da aprovação no EXAME DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL. Ao olhar o índice de aprovação final, vi que foi de pouco mais de 12%, um índice muito baixo com relação aos outros exames o que denota uma grande dificuldade no nível de prova. Hoje é um dia marcante, talvez o mais feliz da minha vida até o presente momento. Vale a pena servir a Deus, vale a pena ser fiel. Vale a pena ser CRENTE.
Hoje também serviu para refletir nos sete últimos meses que passaram. Nesse período recebi propostas muito interessantes de trabalho, mas que só seriam concretas se eu tivesse com a carteirinha da OAB. Sei que hoje não estaria em Santa Rosa e estaria muito distante daqui. Algumas delas, já percebi que teriam sido furadas. Então compreendi que a reprovação lá de dezembro, foi Deus me guardando de dar passos errados.
Se as coisas até aqui não deram certo pra você, no tempo de Deus dará. Nunca esqueça que Jesus te ama e te guarda e hoje deixo o meu simples conselho pra você. Tente outra vez! Tente outra vez! Tente outra Vez! Ainda não é hora de parar. Você errou hoje? Amanhã você acertará. Você pegou atalhos que te levaram a uma estrada sem saída? Volte para o caminho e prossiga em retidão.
Quanto ao resultado da pesca de Pedro Tiago e João: tiraram a rede cheia de peixes, pois a pesca foi no tempo de Deus e sob a palavra de Cristo, prepare-se para viver o extraordinário, o tempo de abundância está vindo sobre tua vida – no tempo dEle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário