Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

Vencendo desafios no deserto


No livro de Deuteronômio 8:15 encontro o seguinte texto “...que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de terra seca, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha pederneira”.
O texto em epígrafe é escrito em um período que o povo Israelita caminhava rumo a sua promessa de ser uma naca e serve como um alerta para o povo de Israel de que quando entrasse na terra prometida, não se esquecesse de Deus que havia lhe guiado por um deserto.
Antes de toda a benção e de toda a promessa se cumprir em nossa vida, há um deserto a enfrentar e nunca devemos nos esquecer de que Deus nos ajuda a vencer os desafios do deserto.
Este versículo nos traz três desafios existentes em um deserto: serpentes, escorpiões e sequidão dos quais podemos dissertar a seguir.
I – Serpentes
Deserto é lugar de serpentes. A análise do capítulo 3 do livro de Gênesis nos deixa bem claro que a serpente representa o inimigo das nossas almas, Satanás. Quando estamos no deserto ele vem para nos tentar. Ate o próprio Jesus Cristo, (ver Mateus Capítulo 4) foi para o deserto para ser tentado pelo Diabo. As tentações do Diabo se resumem em três coisas. Em 1 João 2:16  está escrito: “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.”
Quando falamos em concupiscência da carne, devemos lembrar o que Paulo aos Gálatas “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.” (Gálatas 5:19-21). Nunca devemos nos esquecer que não existe hierarquia de pecados, ou seja, não há “pecadinho” ou “pecadão”. Se você se entrega em bebedices ou se você é um homicida, você é pecador e perante Deus você está condenado, a menos que você se arrependa e clame pela graça divina.
A concupiscência dos olhos está relacionada com a cobiça. Quando Satanás tentou a Cristo, ele lhe mostrou os reinos do mundo, e disse: “tudo isso te darei se me adorares”, muita gente se corrompe pela concupiscência dos olhos. O desejo de ter o carrão, o luxo, o glamour, leva ao submundo do crime. O desejo de ter o corpinho leva ao adultério. E assim, muitas vezes se vai a um caminho sem volta quando se é vencido pela concupiscência dos olhos.
Por fim a soberba da vida. Talvez o pecado que mais nos afaste de Deus é quando nos ensoberbecemos. Crescemos nos sentimos e nos achamos auto-suficientes e que não precisamos mais do todo-poderoso. Muitos vêem o agir de Deus, mas acham-se sábio demais, intelectual demais para acreditar nas loucuras bíblicas. Afinal a palavra da cruz é loucura para os que perecem. Mas quando nos colocamos no nosso lugar e nos humilhamos aí Deus entra em ação. Que possamos não ser arrogantes, hipócritas, convencidos e auto-suficientes mas humildes.
II- Escorpiões
Escorpiões também representam os demônios que trabalham em prol da nossa destruição. Fazem parte de uma classe de seres que só conjugam três verbos: matar, roubar e destruir (João 10:10). E o maior trunfo destes é fazer com que não acreditemos neles, logo, se não acreditamos, não lutamos contra e somos facilmente vencidos. E quando somos vencidos, só sentimos a dor da picada e a dor muitas vezes é desesperadora.
Quando olho para o evangelho, segundo escreveu o médico Lucas, vejo no capítulo 09 que Jesus faz uma multiplicação de pães e peixes e alimentou uma multidão de pessoas. Mas logo no capítulo de número 10, eu vejo ele enviando pessoas a fazer a sua obra. Infelizmente, o número de pessoas com que Ele pode contar é reduzido, apenas 70. A história prova que Deus nunca contou com a maioria. A grande maioria está interessada em pães e peixes e milagres de Cristo, mas não estão interessados em obedecer a sua voz. Enfim, mas o que devemos tirar deste texto é a promessa de Jesus no capítulo 10:19 do livro de Lucas, uma promessa. Esta promessa não é para a multidão que quer pão e peixe, mas para os setenta que querem compromisso.
“Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.”  Lucas 10:19
Quando temos compromisso com Ele, temos a certeza que Ele nos dará poder para vencer as serpentes e escorpiões do momento presente.
III- Sequidão
Talvez o mais difícil de todos os desafios é conviver com a sequidão do deserto. Nos primeiros capítulos do livro de Êxodo temos o relato do povo de Israel após cruzar o mar vermelho. Caminharam três dias e não acharam água até que chegaram a uma fonte, mas não puderam beber dela, pois era amarga, e chamaram aquele lugar de Mara.
Quando estamos sedentos por alegria, felicidade momentos de prazer, vamos caminhando até encontrar fontes. Mas muitas das vezes as fontes que eram para saciar a nossa sede são amargas. A família que deveria ser uma benção se torna marcada pela amargura da convivência. O emprego que outrora era prazeroso agora acumula uma seqüência de problemas. Os sonhos do passado viraram em pesadelo e você não pode mais beber dessa água, pois é amarga. A história de Israel nos conta que o povo clamou e Deus transformou as águas em doces, e mais do que isso: caminharam um pouco mais e chegaram até um lugar chamado Elim e  havia ali 12 fontes de água e 70 palmeiras onde o povo parou para descansar e teve água em abundância.
Escrevo com a convicção de servir um Deus poderoso para transformar as águas amargas de Mara em doces. Só ele faz da luta vitória, da tristeza alegria, da doença cura, do dissabor prazer, da tempestade em bonança, de uma noite fria e sem luar em um lindo dia de sol. E mais do que isso, pra quem é fiel na escassez de Mara, depois Ele coloca na abundância de Elim.
Se tudo está difícil, se as águas estão amargas, clame a Deus que Ele vai transformar, mas não reclame, seja grato a Ele pelo que tens, pois quem é fiel no pouco Deus coloca sobre o muito. Ainda tem vida pra você, a sua história não acaba aqui, ainda tem uma página inteirinha e será escrita pelas mãos de Deus. Disse Jesus: quem tem sede venha e beba, tome de graça da água da vida, pois só ela sacia a sede da alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário