Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

A sexualidade a luz da Bíblia Sagrada



“Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Apocalipse 21:8
O texto epigrafado do livro do Apocalipse nos causa pavor e temor ao tratar de um assunto tão real sobre as coisas que hão de acontecer com o julgamento dos seres humanos pelos seus atos. A sentença condenatória aos que cometem os pecados descritos neste versículo é taxativa e não abre margem para interpretações distintas. Entre os pecados de feitiçaria, mentira, idolatria, homicídio está incluído a fornicação.
O que é fornicação? O Dicionário Online de português define como “Ação de fornicar; sexo ou relação sexual; coito. Relação sexual entre pessoas que não são casadas”.
Mas como reprimir uma vontade tão grande? Seria o sexo algo maligno para que Deus o tratasse como pecado?
O sexo (conjunção carnal entre um homem e uma mulher) é uma benção de Deus “Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa carne. Efésios 5:31” Entretanto a bíblia é clara em afirmar que ele é destinado a uma relação matrimonial monogâmica.
Como me manter fiel.
A clareza das definições bíblicas para a abstenção ao sexo enquanto solteiros nos dá diretrizes para buscarmos soluções para conseguir algo que parece tão difícil. A bíblia nos ensina a ter compromisso e, por conseguinte, excluir a prática do “ficar” de nossas relações cotidianas. Assim oramos, pedimos direção divina e vamos em busca de uma relação com compromisso ao que chamamos de namoro. O namoro é uma fase de conhecimento em que ambos irão usar os momentos proporcionados para conhecer, buscar afinidades, encontrar maneiras de dirimir as opiniões conflitantes e buscar a convicção de fazer a escolha certa da pessoa que irá viver o resto de suas vidas.
O transcorrer dos dias em um namoro faz com que se criem intimidades no tocar,  no abraçar, no beijar. As intimidades costumam despertar hormônios, sentimentos e vontades. A intimidade é uma coisa que nunca volta atrás, ela sempre cresce e gera uma busca incessante de satisfação de vontades.
A força para vencer as próprias vontades não se consegue sozinho, mas somente com a ajuda do Espírito Santo. Existe uma intimidade muito importante que em regra os casais de namorados não desenvolvem chamada intimidade espiritual. Pode parecer careta, mas orar junto, ler a bíblia junto, cultuar junto, são questões fundamentais para o sucesso de um relacionamento. Tanto se fala na necessidade de culto doméstico para o fortalecimento espiritual no lar, mas muitas vezes não se ensina que esta intimidade com Deus se começa no namoro.
Se você em todo o período de namoro não desenvolver um momento de intimidade espiritual isto não acontecerá naturalmente com a benção do casamento. Intimidade com Deus é uma coisa que não vem da noite para o dia.
É difícil começar esta intimidade e é aí que entra a importância da igreja. Se não estou a vontade para desenvolver uma intimidade espiritual em casa, então devo usar a igreja para isto. Como me comporto ao lado da namorada durante o culto? Fico com vergonha de dar um glória a Deus? Estar com ela me faz ter menos intimidade com Deus? Use o momento do culto para aproximar vocês com a benção de Deus. Ore a Deus para que fale ao coração da pessoa que você ama. Volte da igreja falando de questões espirituais.
O namoro é também um momento de fazer planos. A regra é planejar onde morar, qual casa, qual carro, quantos filhos, quais os nomes. E os planos espirituais? E a chamada de cada um? Sente com a pessoa que ama e converse sobre o que farão na igreja, se as chamadas são compatíveis.
O livro de Eclesiastes nos diz que há um tempo determinado para todas as coisas. Se não soubermos avaliar as situações e esperar a hora certa seremos pessoas ansiosas e precipitadas. Aguardar é uma virtude. Esperar é uma ordem e se esperarmos veremos que todo o sacrifício valeu a pena. O que estamos plantando hoje par o futuro? Reflita ore, ouça a voz de Deus e tenha um relacionamento agradável aos olhos de Deus. A tarefa é árdua, o caminho é difícil. Mas quando sentirdes as dificuldades, lembre se que não foi fácil para Cristo morrer na cruz do calvário de braços abertos por você. Deus te ama, seja fiel a Ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário