Compartilhando bençãos

Você é o visitante número:

Cansados na tarefa

Cansados na tarefa


Estamos no segundo livro de Samuel, mais precisamente no capítulo de número 21. O personagem é nada mais nada menos do que aquele que foi chamado homem segundo o coração de Deus. Nesse ponto da história Davi não era mais o menino inexperiente que enfrentou Golias, mas um rei experiente com um reinado consolidado em Israel. Davi já havido caído e se reerguido de sua queda, já havia enfrentado sérios problemas familiares a ponto de haver inimizades tão grandes entre seus filhos que Absalão matou Amnon, e de seu próprio filho haver pelejado contra si. A tarefa em que Davi se encontra é uma peleja contra um gigante filisteu e o versículo de número 15 diz que ele tanto lutou que se cansou.
É difícil não ver esse fato com uma certa estranheza quando analisamos que Davi estava guerreando e contra quem ele estava guerreando. A guerra era justamente contra os filisteus e Davi se vê em uma batalha pessoal contra um gigante chamado Isbi-Benobe. Não era o primeiro gigante que estivera frente a frente com Davi, não era uma primeira vez contra os filisteus, pois ele mesmo já estava calejado de tantas guerras contra esse povo. Se tinha algo que Davi podia dizer-se experiente era em enfrentar filisteus. Não foi raras as vezes que tal povo se pôs a sua frente. De fato não era uma tarefa nova, mas sim uma tarefa com o qual o mesmo já estava acostumado. Mas todos os seus anos de experiências não lhe isentaram de cansar em meio a luta.
Trabalhadores do reino de Deus, por mais experiências que tenham com a obra. Por mais tempo de ministério, marcas de batalhas, conquistas alcançadas ao longo dos anos, estão sujeitos a cansarem ainda que o desafio não seja novo. O ser humano muda com o tempo e por vezes a fadiga física e mental chega, e quando cansamos no meio da batalha nos tornamos suscetíveis as ações do nosso inimigo (Satanás). Mas antes de entrarmos nos detalhes do cansaço de Davi em meio a realização de tal encargo, veremos o que suas experiências nesta tarefa já haviam lhe proporcionado.
A história de Davi se torna notória para o povo de Israel justamente após um enfrentamento com um gigante filisteu no capítulo 17 do primeiro livro de Samuel. Muito mais conhecida que a luta contra Isbi-Benobe, é o enfrentamento de Davi contra Golias ainda jovem. Havia guerra entre Israel e os Filisteus e Golias afrontava a nação de Israel e o então adolescente Davi se levantou quando todos se acovardaram e com uma pedra e uma funda colocou o gigante abaixo. A primeira vez de Davi na tarefa na qual ele se encontra, foi um momento em que podemos dizer que Davi surpreendeu, mostrando a todos que era capaz de algo que ninguém julgava que ele conseguiria. Quando Deus nos vocaciona e nos unge para algo, devemos enfrentar os desafios sem medo, ainda que todos achem que não tenhamos capacidade precisamos surpreender e mostrar a todos que Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os seus escolhidos. Eu tenho a plena certeza de que se estiverdes na direção do Senhor, por mais árdua que seja a tarefa, hás de surpreender a todos que não acreditam no seu potencial.
O segundo momento de Davi, nesta tarefa (enfrentar filisteus) se dá logo no capítulo seguinte no primeiro livro de Samuel. A filha de Saul, Mical havia se afeiçoado a Davi, porém para que se tornasse genro de Saul, a Davi foi dada uma árdua tarefa, trazer 100 prepúcios filisteus, ou seja, matar 100 dos inimigos da nação de Israel para então conquistar o direito de se casar com ela. Embora a péssima intenção de Saul ao mandar Davi enfrentar os filisteus, achando que Davi cairia ao pelejar contra eles, Davi foi sobremaneira abençoado na tarefa. Davi não se contentou em apenas cumprir com o que lhe fora pedido e ao invés de trazer 100 prepúcios filisteus, trouxe duzentos. Se na primeira vez de Davi na tarefa ele já havia surpreendido a todos, agora ele supera as expectativas, fazendo mais do que lhe havia sido pedido. Estar na direção de Deus em uma determinada tarefa, também faz com que superemos as expectativas. A vida com Deus é uma vida de sobrenatural, de extraordinário, Deus não nos chamou para a mediocridade, mas sim para vivermos além das expectativas humanas.
Avançamos um capítulo a mais na história e chegamos ao capítulo 19, ainda no primeiro livro de Samuel e vemos que agora além de surpreender e superar expectativas é também o momento de impor respeito. O registro que a bíblia faz é de que em uma nova peleja de Davi contra os filisteus ele os feriu de tão grande ferida que os tais fugiram dele. A palavra de Deus mais uma vez se faz viva na vida de Davi e na aplicação as suas tarefas, pois devemos resistir ao inimigo e ele fugirá de nós. Os filisteus são feridos sobremaneira tal que fogem. Davi chega a um estágio em que ele já é reconhecido como um vitorioso na tarefa. Respeito e reconhecimento não se fazem com meras palavras, mas se conquistam com atitudes. Quando somos fieis e centrados em cumprir com nossos encargos, automaticamente conquistaremos o respeito e o reconhecimento. Seremos vistos como alguém que vence as batalhas e poderemos colocar o inimigo pra correr em muitas áreas de nossa vida.
Importante registro do que acontece com Davi na respectiva tarefa está no capítulos 23 e 27, pois em ambos Davi prospera materialmente através de seus enfrentamentos com os filisteus. No capítulo 23 ao defender a cidade de Queila da ira dos filisteus a história conta que Davi os vence e leva os seus gados fazendo lhes grandes estragos. Coisa semelhante acontece no Capítulo 27 quando Davi está em meio aos filisteus, porém tomando-lhes os bens e acrescendo lhe em seu patrimônio pessoal. Sem dúvida alguma aquele que é fiel a Deus nas tarefas do reino é abençoado por Deus e o Senhor lhe faz prosperar. Através de nossa fidelidade para com Deus, portas se abrem, oportunidades surgem, e o crescimento pessoal acontece. O importante é que o nosso foco esteja primeiramente no reino de Deus, devemos sempre buscar primeiro o reino dos céus e a sua justiça, pois as demais coisas nos são acrescentadas por Deus. Quando estamos em Deus, não precisamos correr atrás de bençãos, mas sim são as bençãos que nos alcançam.
Resumindo, de certa maneira vemos Davi em uma tarefa no qual ele já havia surpreendido, superado expectativas, conquistado respeito e sido abençoado. Indubitavelmente não era uma tarefa nova, mas algo com o qual esperava-se que Davi fosse tirar de letra. Mas ainda sim Davi se cansou de tanto pelejar e Isbi-Benobe o intentou matar.
Davi cansado, e um gigante a sua frente. Seria o fim do homem segundo o coração de Deus? seria se Davi não tivesse amigos ou companheiros de batalha. É no versículo 17 que surge o terceiro personagem desta história chamado Abisai, ele socorre Davi e mata o gigante filisteu. Davi é salvo pela mão amiga de um de seus súditos que chegou na hora correta em atenção ao cansaço de seu líder.
Nessas horas vemos a importância de um líder, um trabalhador no reino de Deus não ser autoritário, arrogante ou soberbo. Se não fosse a mão amiga de Abisai seria o fim da linha par a o rei Davi. Mas graças a Deus havia um Abisai para socorrer. Mais uma vez aprendemos o quanto é necessário trabalhar em equipe e em união, pois se nos julgarmos autossuficientes a tendência é que caminhemos rumo ao fracasso.

Concluímos a análise dessa história vendo o quanto é importante, quando estamos fazendo algo no reino de Deus, trabalharmos em união. Além de vermos o quanto foi importante para Davi ter companheiros, também é importante olharmos para a atitude de Abisai em socorre o seu líder. Muitas vezes criamos a figura de super-homens de Deus quando olhamos para grandes pastores, pregadores ou líderes de departamentos. Mas até o mais reconhecido dos homens pode cansar em sua tarefa. Não há quem esteja imune as fadigas físicas e mentais, stress, vontade de parar ou desistir, mas enquanto liderados precisamos ser como Abisai e enquanto líderes precisamos sempre ter nossa equipe em estima. Nem mesmo Jesus ousou trabalhar sozinho, mas reunindo para sí 12 homens que o auxiliassem em sua obra. Trabalhar em equipe é mais do que necessário, é garantia de sobrevivência. E você que está cansado das tarefas, achando que será o fim da linha pra você, achando que teu tempo chegou ao fim, Deus levanta Abisai em teu socorro e a obra segue, pois Deus é fiel e cumprirá todos os seus propósitos no tempo dEle.